Em 26/05/2015
 

O que teria acontecido com Joe Sacramento?

O que teria acontecido com Joe Sacramento? Descubra você também através do texto do psiquo desta semana escrito por Aldo Christiano


O que teria acontecido  com Joe Sacramento?

 

Quer imprimir ou arquivar? Clique aqui.

 

A Sétima Cavalaria foi chamada pelo xerife da pequena cidade do Velho Oeste para desvendar o misterioso desaparecimento de Joe Sacramento.

 

Joe Sacramento era um solitário morador de Storm City e passava seus longos dias e noites no deserto e nas montanhas da região procurando ouro. Poucos o compreendia me poucos se aproximavam dele. Tinha os olhos esverdeados e fundos perdidos no horizonte, muitas vezes úmidos apesar da tórrida região. Uns achavam que olhava o horizonte com esperança, outros, com solidão e desespero.Nada se sabia a respeito de seus pais. Era de estatura mediana, tinha o corpo sofrido curvado para a frente, andar pesado, grandes feridas nas mãos e braços. Sua pele clara era cheia de chagas e queimada pelo sol cruel, sem piedade, de 40 graus. Aparecia na cidade de tempos em tempos para comprar alguns mantimentos e água e desaparecia novamente no deserto. Todos diziam que estava louco nessa procura insana pelo seu ouro. Como se passou muito tempo desde sua ultima aparição em Storm City, deram por sua falta. Depois de exaustivas buscas sem sucesso, o xerife resolveu pedir ajuda ao exército.

 

Não foi fácil, mas a Sétima Cavalaria finalmente chegou à entrada da mina do Joe Sacramento. Era uma caverna sombria.  Iluminados por tênues lampiões, os soldados, com certo receio,entraram nas profundezas escuras da  caverna e viram as paredes, o chão e o teto escavados e revirados com profundidade. As pedras mostravam marcas profundas da picareta, da enxada e das pás, encontradas jogadas num canto após muito uso. Parecia que foram deixadas lá por não terem mais utilidade.  Havia sangue em alguns lugares. Lágrimas também, falou um soldado. Aquela cena parecia que vinha acontecendo há muito tempo. Não encontraram nada mais ali, nem o corpo de Joe Sacramento. Fico imaginando o tamanho do seu sofrimento. Os soldados voltaram calados e sem respostas. Seria, por acaso,sua caverna,  uma mina de ouro?

 

O assunto mais importante da cidade de Storm City era o misterioso desaparecimento de Joe Sacramento.  No saloon, uns diziam que ele não resistiu aos ferimentos e queimaduras. Sucumbiu sozinho em algum lugar,nas areias quentes do deserto escaldante. Outros diziam que ele finalmente encontrou o seu tão deseja do ouro. Contam que foi visto na cidade grande, diferente, altivo, feliz ao lado de uma linda dama e sua filha. Era dono de uma próspera empresa e cuidava de um orfanato. Prefiro pensar nessa esperançosa versão da história porque...

 

“-Joe, temos que terminar a sessão por hoje. Nosso horário acabou.Nos veremos amanha”  - disse o analista.

 

 Os dois olhos esverdeados e úmidos, olhando o horizonte,se levantaram do divã.


 

Aldo Christiano 

Médico,  Psicanalista em formação

christiano.aldo@hotmail.com

data de publicação: 26/05/2015

0 comentário(s) | Envie seu comentário
Envie seu comentário
Seu nome *

Seu e-mail *
Seu comentário *
Comentário(s)
 

Leia também

A garotinha que conheceu o mar 04/05/2017

A partir de cenas do cotidiano, Ana Rita Menezes se aproxima do pensamento de Bion

Ponyo e o olhar psicanalítico pela janela da amizade 28/03/2017

O filme Ponyo será discutido durante o projeto Psicanálise & Cinema do NPA no dia 30 de Março.

Akira Kurosawa, uma personalidade complexa e nem sempre compreendida 22/02/2017

No dia 23/02, às 19h30 no Auditório do Centro Médico Luiz Cunha, Yusaku Soussumi comenta o filme Madadayo

Em defesa de uma confiabilidade ambiental mínima 07/02/2017

Fábio Brodacz reflete sobre a exposição infantil em tempos de compartilhamentos constantes

Um herói, por favor! 16/12/2016

A psicanalista Idete Zimerman Bizzi questiona os simulacros que povoam o mundo virtual

Prematuridade e algumas nuances 24/11/2016

Denise Alencar fala sobre os desafios de uma gestação prematura
Página anterior Voltar
Topo Topo
 
 
Google+